637





1   “Náufrago sou em Jesus”,
     Cantam só os “náufragos”;
     Os que ficam só no cais
     Nunca acham, em Jesus,
     O descanso doce aqui,
     Que um “náufrago” possui.
 
2   “Naufraguei”, lamento assim;
     Mas ao ir-se o temporal,
     Vejo que sobrevivi,
     E descanso afinal;
     Nada toca em alguém
     Que o Seu amor retém.
 
3   “Naufraguei”, não tenho mais
     Nem um barco para mim;
     Ancorado eu estou
     Só na Âncora sem fim.
     Não há preocupação,
     Nele eu descanso então.
 
4  “Naufraguei”, mas só ganhei,
     Outros podem enxergar:
     Tempestades bênçãos são,
     E, se bravo for o mar,
     Deus irá manter então
     Os “naufrágios” em Sua mão.
 

Categoria: O Caminho da Cruz
Subcategoria: O Caminho de Descanso

Letra: Margaret E. Barber
Música: Dimitri Stepanovich Bortnianski
Tonalidade: Si bemol Maior
Métrica: 7.7.7.7.7.7
Ing: 637
Esp: -
Chi: 471
Cor: 637

  • MP3 com voz não disponível
  • MP3 Instrumental não disponível

  • Partitura não disponível
  • MP3 com voz não disponível
  • MP3 Instrumental não disponível