268





1   Salvador, oh! eu Te louvo!
        Teu amor me capturou;
     Por Ti salvo, limpo e cheio,
        Teu canal agora sou.
 
        Só canais, Senhor amado,
           Mas com graça a jorrar;
        Flui de nós e vem usar-nos
           Sempre, em qualquer lugar.
 
2   Um canal com Tuas bênçãos,
        Aos sedentos corações,
     Todo o Teu amor declara,
        E transmite salvação.
 
        Só canais, Senhor amado,
           Mas com graça a jorrar;
        Flui de nós e vem usar-nos
           Sempre, em qualquer lugar.
 
3   Se vazio, Tu me enches,
        Sou só vaso em Tua mão;
     Com a ordem dás a graça,
        O poder é Teu então.
 
        Só canais, Senhor amado,
           Mas com graça a jorrar;
        Flui de nós e vem usar-nos
           Sempre, em qualquer lugar.
 
4   Testifico: Tua graça
        Me salvou, livrou-me enfim;
     Fui comprado, a Ti pertenço,
        Entra plenamente em mim.
 
        Só canais, Senhor amado,
           Mas com graça a jorrar;
        Flui de nós e vem usar-nos
           Sempre, em qualquer lugar.
 
5   Nossos corações se rendem,
        Vem enchê-los, ó Senhor;
     Que os rios d’água viva
        Fluam do interior.
 
        Só canais, Senhor amado,
           Mas com graça a jorrar;
        Flui de nós e vem usar-nos
           Sempre, em qualquer lugar.

Categoria: Plenitude do Espírito
Subcategoria: O Encher

Letra: Mary E. Maxwell
Música: Ada Rose Gibbs
Tonalidade: Sol Maior
Métrica: 8.7.8.7.D
Ing: 268
Esp: 129
Chi: 218
Cor: 268

  • MP3 com voz não disponível
  • MP3 Instrumental não disponível

  • Partitura não disponível
  • MP3 com voz não disponível
  • MP3 Instrumental não disponível