158





1   Teu amor, Senhor, achou-nos
        No deserto e a sós;
     E então nos abraçaste,
        Pois morreste, só, por nós.
     Cantarei, pois me amou,
        E por mim Se entregou.
 
2   Oh, que som de choro triste
        Ouço vindo do jardim:
     O Senhor, por nós velando,
        Mas dormimos mesmo assim.
     Cantarei, pois me amou,
        E por mim Se entregou.
 
3   Ao falar com Seu Pai, bebe
        Cálice de amargor;
     Mas o toma sem receio,
        Pois o bebe por amor.
     Que amor, pois me amou!
        Sim, por mim Se entregou.
 
4   Oh, que cena de angústia:
        O castigo de Deus Pai
     Veio, forte, sobre Ele
        Lá na cruz, pra me salvar.
     Oh, amor que não tem fim,
        Pois Jesus morreu por mim.
 
5   Seu clamor ressoa forte
        Ao sofrer por nós aqui;
     Ó meu Deus, por que deixaste
        O Teu Filho, só, ali?
     Que amor, pois foi por mim
        Que Jesus morreu assim.
 
6   Ó Senhor, nos alegramos;
        Terminou a Tua dor;
     Tu ao trono ascendeste,
        Onde vives em fulgor.
     Ele vive para mim,
        Ele, que morreu assim.
 
7   Ó Senhor, Te adoramos
        Por tal graça – rica é;
     Logo nos encontraremos,
        Te veremos como és.
     Mas agora canto, sim,
        Pois Jesus se deu por mim.

Categoria: Louvor ao Senhor
Subcategoria: Seu Amor

Letra: J. J. Hopkins
Música: Anônimo
Tonalidade: Sol Maior
Métrica: 8.7.8.7.7.7
Ing: 158
Esp: -
Chi: 131
Cor: 131

  • MP3 com voz não disponível
  • MP3 Instrumental não disponível

  • Partitura não disponível
  • MP3 com voz não disponível
  • MP3 Instrumental não disponível