96




Meu canto de amor


1   Meu canto de amor,
        Do Salvador por mim,
     Que, mesmo sem amar,
        Fui tão amado assim.
          Oh, quem sou eu,
          Pro meu Senhor
          Se encarnar,
          Por mim morrer?

2   Do trono Seu desceu
        Pra ser a salvação;
     Ninguém O conheceu,
        Nem deu-Lhe atenção.
          Mas Ele foi
          Amigo meu,
          Sem vacilar
          Por mim Se deu.

3   O povo O honrou,
        Cantou o Seu louvor,
     Clamando sem cessar
        Hosanas ao Senhor.
          Então falou:
          “Crucificai”,
          Pediu assim
          Pra O matar.

4   Ao ser julgado então,
        Pouparam Barrabás,
     E condenaram, pois,
        O Príncipe da paz.
          Feliz, porém,
          A cruz tomou,
          Só pra salvar
          Quem O matou.

5   Na vida, meu Senhor
        Não teve nem um lar;
     Na morte precisou
        Um túmulo ganhar.
          Deixou Seu lar,
          O alto céu,
          Em meu lugar
          Então morreu.

6   Quem pode, pois, contar
        História superior?
     Jamais vi dor e amor
        Que nem em Ti, Senhor.
          Amigo meu,
          O meu prazer
          É Te louvar
          E bendizer.

Categoria: Louvor ao Senhor
Subcategoria: Seu Sofrimento

Letra: Samuel Crossman
Música: John Baptiste Calkin
Tonalidade: Dó Maior
Métrica: 6.6.6.6.8.8
Ing: 96
Esp: -
Chi: -
Cor: 96